LIGA DOS CAMPEÕES

As explicações para as lágrimas de Neymar

Eliminação precoce diminui a chance de ser eleito melhor do mundo. Até Messi corre risco. Com caminho aberto para o penta, o português Cristiano Ronaldo tem Dybala, Mbappé e Griezmann como ameaças reais

postado em 20/04/2017 06:30 / atualizado em 19/04/2017 23:52

Josep Lago/AFP
As lágrimas de Neymar após a eliminação do Barcelona nas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa, ontem, no Camp Nou, diante da Juventus, expressavam a dor de quem deixou escapar, talvez, a melhor chance de finalmente ser eleito o número 1 do mundo depois do terceiro lugar na eleição de 2015.
 
Aos 25 anos, o camisa 11 do Barcelona vive a melhor fase da carreira no Barcelona e na Seleção. Impressionou jurados da Bola de Ouro e do Fifa The Best, principalmente, na exibição épica diante do Paris Saint-Germain nas oitavas de final. Mas no fundo ele sabe que, a partir de agora, nem o recordista de prêmios, Lionel Messi, tem certeza se será eleito o jogador do ano em 2017. Conquistar a Liga dos Campeões costuma ser um atalho, e o clube catalão está fora da estrada depois de perder por 3 x 0 para a Velha Senhora no placar agregado.
 
O melhor ataque do mundo, formado por Messi, Suárez e Neymar, viveu dias de Sávio, Romário e Edmundo diante da sólida defesa da Juventus — a menos vazada desta edição da Champions League. Foi incapaz de balançar a rede da Juventus em Turim. Muito menos em Barcelona. O time italiano sofreu apenas dois gols  nesta Liga.
 
Em tese, a queda do trio MSN fortalece quatro candidaturas ao prêmio de melhor do mundo. Aos 32 anos, Cristiano Ronaldo tem o caminho aberto para conquistar o quinto prêmio e igualar o rec orde de Lionel Messi. Com sete gols em 10 jogos, cinco deles no Bayern de Munique nas quartas de final, o português  está distante de Messi, líder com 11. Solidário, CR7 também deu seis asssitências nesta edição.
 
Ao menos três concorrentes classificados para as semifinais pedem passagem para quebrar a alternância de poder entre CR7 e Messi, campeões do prêmio desde 2008, ou seja, há nove temporadas. Carrasco do Barcelona nas quartas de final, Dybala é um dos candidatos a zebra. São quatro gols em oito jogos. Aos 23 anos, o argentino fez dois na série diante do time catalão. No 0 x 0 de ontem, no Camp Nou, Dybala pouco apareceu. Dedicou-se muito mais à marcação. No entanto, não deixou de ser brilhante na execução de sua função tática.
 
Talvez, a maior ameaça a Dybala em caso de título da Juventus seja Buffon. O veterano goleiro de 39 anos, que sofreu apenas dois gols nesta edição da Champions League, jamais ganhou a competição continental. É o título que lhe falta. Se conquistá-lo, em 3 de junho, no País de Gales, a comoção pode se traduzir em votos.
 
Aos 18 anos, o francês Mbappé começa a despontar como representante da jovem guarda. A joia do Monaco voltou a ser decisiva diante do Borussia Dortmund. O atacante abriu o placar no triunfo por 3 x 1 e aproximou o time do Principado de sua segunda decisão. A outra foi em 2004, quando perdeu o título para o Porto. Mbappé soma cinco gols em sete partidas nesta Liga dos Campeões. Detalhe: todos eles foram na fase de mata-mata.
 
Outro candidato a encerrar a alternância de Messi e Cristiano Ronaldo é um compatriota de Mbappé. Griezmann, do Atlético de Madri, foi decisivo no confronto de ida com o Leicester, no Vicente Calderón. GR7 tem no currículo o terceiro lugar em 2016, além de cinco gols e duas assistências  em 10 jogos na Liga.

Sorteio da Liga dos Campeões

A definição dos cruzamentos das semifinais será amanhã. Não há travas no sorteio. É possível um clássico entre Real  e Atlético, finalistas em 2014 e em 2016. Ou a possibilidade de uma terceira decisão entre eles . Quem sabe até uma final Real x Juventus, numa revanche de 1997/1998.

Neuer para por oito semanas

Eliminado nas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa pelo Real Madrid, o Bayern de Munique teve uma baixa de peso no jogo da última terça-feira. O goleiro Manuel Neuer sofreu uma fratura no pé esquerdo durante a partida, no Santiago Bernabéu, e ficará afastado dos gramados no restante da temporada 2016/2017. “Neuer está gravemente contundido. Ele vai ficar fora por oito semanas”, anunciou Karl-Heinz Rummenigge, o CEO do clube alemão.
 

OS RIVAIS DE NEYMAR NA BRIGA PARA SER O MELHOR DO MUNDO

 
Cristiano Ronaldo
Real Madrid
10 jogos, 7 gols, 6 assistências

Griezmann
Atlético de Madri
10 jogos, 5 gols, 2 assistências

Mbappé
Monaco
7 jogos, 5 gols, 0 assistência

Dybala
Juventus
8 jogos, 4 gols, 0 assistência