Cruzeiro

CRUZEIRO

Após goleada sobre o Atlético, Mano diz que semana turbulenta no Cruzeiro 'não foi só coincidência'

Para treinador, equipe soube passar por cima de problemas extracampo

postado em 12/07/2019 00:16 / atualizado em 12/07/2019 01:30

<i>(Foto: Ramon Lisboa/EM/D.A. Press)</i>


Às vésperas do clássico, o Cruzeiro enfrentou semana turbulenta fora de campo. Na terça-feira, a Polícia Civil cumpriu mandados de busca e apreensão na sede administrativa do Barro Preto, nas Tocas da Raposa I e II e também nas casas de dirigentes, na operação denominada Primeiro Tempo, que apura irregularidades na gestão do clube. Já na quarta, a Justiça determinou o afastamento do vice-presidente de futebol Itair Machado, após ação de conselheiros e associados à Raposa. Nesta quinta, o time conseguiu se manter alheio aos problemas institucionais e goleou o Atlético por 3 a 0, no Mineirão, pela partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil.

Na opinião do técnico Mano Menezes, a experiência do grupo cruzeirense foi essencial para não deixar os efeitos das investigações contra a alta cúpula caírem sobre os atletas.

“Se não influenciasse em nada, você não estaria me fazendo essa pergunta. Se você está me fazendo essa pergunta é porque isso faz parte do nosso dia a dia hoje, infelizmente. Mas a gente tem jogadores experientes, e o jogador de futebol vive hoje num mundo muito à parte, felizmente para essa situação. Às vezes reclamamos que eles vivem num mundo à parte, e nós temos de buscar e trazer para o mundo real. Nesse caso, fez bem esse tipo de comportamento que os jogadores têm hoje”, declarou.

Mano também afirmou que a operação policial realizada às vésperas de um clássico decisivo não pode ser tratada somente como coincidência. Mais uma vez, ele exaltou a capacidade do elenco de se afastar dos problemas.

“Apesar de todas as tentativas que fizeram contra a gente esta semana, e eu não discuto nada que tem de ser feito para lá ou para cá, mas a maneira como foi feito, dois dias antes de um jogo importante, como foi feito ontem, com o vice-presidente de futebol, certamente isso não foi só coincidência. Mas a gente respondeu bem dentro de campo. E temos de unir com com o nosso torcedor e conosco para resolver tudo que tem de ser resolvido. Vamos preocupar em resolver a nossa parte dentro de campo para o torcedor do Cruzeiro”.

O grande destaque do Cruzeiro no clássico foi o atacante Pedro Rocha, escalado “de última hora” no lugar de Fred. Ele marcou o primeiro gol celeste, em belo chute de fora da área, e deu assistência para Thiago Neves anotar o segundo, após roubar a bola no meio-campo e deixar toda a defesa do Atlético para trás em contragolpe. Na etapa final, Robinho fez o terceiro da Raposa e fechou o placar.

A partida de volta acontecerá na próxima quarta, às 19h15, no Independência. Quem se classificar enfrentará na semifinal da Copa do Brasil o ganhador de Internacional x Palmeiras. O Verdão venceu o primeiro duelo em casa, por 1 a 0.

 

Tags: Mano Menezes cruzeiro futnacional interiormg cruzeiroec