Cruzeiro

CRUZEIRO

Cruzeiro registra maior público da Série B e segundo maior do ano no Brasil

Torcida celeste quebrou a própria marca diante do Brusque, quando tinha comparecido em 32.979 pagantes; público só fica atrás de jogo do rival

postado em 25/11/2021 22:05 / atualizado em 25/11/2021 23:35

(Foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press)

Diante de um Mineirão lotado, em Belo Horizonte, o Cruzeiro bateu novo recorde de público na Série B do Campeonato Brasileiro no empate em 0 a 0 com o Náutico, nesta quinta-feira (25). Com 60.700 torcedores presentes no Gigante da Pampulha, a Raposa superou a própria marca na atual edição da competição - que havia sido de 32.979 pagantes na vitória por 2 a 0 sobre o Brusque. Este é o segundo maior público do futebol brasileiro no ano de 2021.

 

 


A lotação só fica atrás do confronto entre Atlético e Juventude, realizado no último sábado (20), também no Mineirão. Na ocasião, o principal rival da Raposa superou os gaúchos por 2 a 0 diante de 61.476 espectadores.

As marcas celestes na Série B, no entanto, superam público até mesmo de equipes que conquistaram o acesso à Série A, como Coritiba e Botafogo. Tanto o clube paranaense como o carioca integram o 'top 5' de públicos desta Segunda Divisão, mas é o Cruzeiro quem tem as duas maiores bilheterias da temporada.
 
 

Os cinco maiores públicos da Série B 2021


  • Cruzeiro 0x0 Náutico - 60.700
  • Cruzeiro 2x0 Brusque - 32.979
  • Coritiba 0x1 CSA - 32.506
  • Botafogo 2x1 Operário - 24.087
  • Coritiba 2x1 Brasil de Pelotas - 27.531
 
Vale ressaltar que a prefeitura de Belo Horizonte só liberou 100% da capacidade de público do Mineirão em novembro deste ano. A pandemia de COVID-19 impediu a participação dos torcedores no estádio por um longo período. 

Com o empate em 0 a 0 diante do Náutico, o Cruzeiro aguarda o encerramento da 38ª rodada para definir sua colocação final na Série B. Temporariamente, a Raposa ocupa a 11ª colocação, com 48 pontos, mas pode ser ultrapassada por Brusque (12°, com 47), Sampaio Corrêa (13°, com 47), Ponte Preta (14°, com 46) e Operário (15°, com 45).
 
 

Tags: cruzeiro torcida mineirão náutico homenagem despedida sobis cabral lotado serieb noite nauticope mineirao cruzeiroec interiormg futnacional despedidas ariel cabral rafael sobis