Basquete

MUNDIAL DE BASQUETE

Seleção Brasileira destaca luta contra EUA e fala em time focado no Pré-Olímpico

Eliminado no Mundial, Brasil terá que buscar vaga olímpica em 2020

postado em 09/09/2019 13:09 / atualizado em 09/09/2019 20:07

<i>(Foto: AFP/Nicolas Asfouri )</i>
A seleção brasileira masculina de basquete foi eliminada nesta segunda-feira do Mundial da China com a derrota para os Estados Unidos por 89 a 73, na cidade de Shenzhen, mas os jogadores destacaram a luta da equipe na partida e garantiram um time focado para a disputa do Pré-Olímpico, em junho do ano que vem, na luta por uma vaga nos Jogos de Tóquio-2020, no Japão.

"O mais importante é que a gente lutou os 40 minutos, brigamos até o fim. Foi outro Brasil que a gente viu hoje (segunda-feira) na quadra, mas Estados Unidos é sempre Estados Unidos, um time muito difícil, muito atlético. A gente conseguiu segurar o jogo até um certo tempo, mas achei que a arbitragem errou em não marcar algumas faltas e isso acaba interferindo um pouco", disse o ala Leandrinho, um dos destaques do Brasil com 14 pontos.

"Infelizmente a gente perdeu, a gente tá fora e é triste, não era assim que a gente queria sair desse torneio. Principalmente depois de termos feito uma primeira fase tão boa", avaliou o experiente jogador de 37 anos, destacando que o Brasil tem chances de conseguir a vaga em Tóquio-2020. "Eu acho que independente da sede (do Pré-Olímpico), a gente tem que jogar e jogar bonito, conquistar a vaga. Independente da onde for", concluiu.

Para o pivô Anderson Varejão, o lamento ficou com a derrota para a República Checa no último sábado. "A gente lutou. Todos os jogos. Conseguimos passar em primeiro no grupo. Três vitórias. Uma em cima da Grécia que ninguém acreditava. A gente teve um jogo muito ruim contra a República Checa, que custou caro", afirmou.

"A gente fez tudo, do início ao fim, mas não foi suficiente. A gente sabe que não é fácil ganhar deles. Eles não são o que são por acaso. A gente tem que levantar a cabeça aqui e saber que não fez vergonha, bateu de frente com todo mundo", prosseguiu Varejão, que vê o time focado para o Pré-Olímpico.

"Eu acho que o foco tem que ser em chegar para ser campeão. Para classificar. O primeiro passo a gente deu aqui. Conseguiu a classificação para o Pré-Olímpico. Tem muita coisa para acontecer ainda. Dia duro para gente essa eliminação", finalizou o pivô.

RESULTADOS - Além da vitória dos Estados Unidos sobre o Brasil, a Austrália derrotou a França por 100 a 98, em Nanjing, e ficou com a primeira colocação do Grupo L, fugindo dos norte-americanos, que enfrentarão os franceses. Nas quartas de final, os australianos jogarão contra a República Checa. Os outros dois duelos são Argentina x Sérvia e Espanha x Polônia.

Tags: Anderson Varejão leandrinho brasil mundial basquete