Vôlei

SUPERLIGA FEMININA

Minas vence, garante ponta e pega o Curitiba; Praia, segundo, encara Fluminense

Última rodada definiu confrontos das quartas, com mineiros em vantagem

postado em 16/03/2019 00:27 / atualizado em 16/03/2019 00:44

<i>(Foto: Divulgação/Minas)</i>
A rodada final da fase de classificação da Superliga Feminina definiu os oito melhores que se enfrentarão nos playoffs a partir da próxima semana. Minas e Praia Clube, que brigavam pela liderança, tiveram resultados diferentes nesta sexta-feira e mantiveram as respectivas posições antes dos jogos. As minas-tenistas bateram o Curitiba por 3 sets a 0 (25/21, 25/10 e 25/16), na capital paranaense, e fechou em primeiro lugar. O time de Uberlândia tropeçou em casa diante do Sesc-RJ, perdeu por 3 a 0 (25/23, 25/21 e 25/20) e terminou em segundo.

O Minas fechou a primeira fase da Superliga com 59 pontos (20 vitórias e duas derrotas), quatro a mais que o Praia Clube, que garantiu a vice-liderança - o time de Uberlândia ganhou 19 e perdeu três vezes. Sesc-RJ (45) e Barueri (44) completam o G-4. Os demais classificados para os playoffs são Osasco (42), Sesi Bauru (36), Fluminense (30) e Curitiba (23). 

Playoffs

O Minas terá pela frente, nas quartas de final, o Curitiba (8º). O Praia, por sua vez, enfrentará o Fluminense, sétimo. As equipes mineiras, nesta fase, terão a vantagem de decidir em casa a série de três jogos, que vale a classificação para as semifinais. Em caso de triunfo nas duas partidas iniciais, está descartada a necessidade de um terceiro duelo.

Confira os confrontos dos playoffs

Minas (1º) x Curitiba (8º)
Praia Clube (2º) x Fluminense (7º)
Sesc-RJ (3º) x Sesi Bauru (6º)
Barueri (4º) x Osasco (5º)

Minas soberano

O Minas entrou em quadra disposto a não dar chance ao Praia de reassumir a ponta. Com autoridade, o time mineiro confirmou o favoritismo em sets diretos. Bruna Honório (13 pontos), Gabi (12) e Natália (11) comandaram a equipe mineira e as ações ofensivas da partida. A ponteira Natália recebeu o Troféu VivaVôlei como a melhor em quadra.

 

Praia perde fôlego

O praia até começou bem contra o Sesc-RJ, do técnico Bernardinho, mas caiu de rendimento e permitiu a virada do adversário ainda no primeiro set, quando levou 25 a 23. O time mineiro sentiu o golpe e não se encontrou mais em quadra, sofrendo mais derrotas nas parciais seguintes. Bia, da equipe carioca, foi a maior pontuadora (15 acertos). Do lado mineiro, a central Carol  e a oposto Fernanda Garay marcaram 12 e 11 pontos, respectivamente. Drussyla, do Sesc-RJ, teve 13 acertos e recebeu o Troféu VivaVôlei como melhor da partida. 

Confira os resultados da última rodada

Curitiba 0 x 3 Minas – 21/25, 10/25 e 16/26
Praia Clube 0 x 3 Sesc-RJ – 23/25, 21/25 e 20/25
Pinheiros 3 x 1 Balneário Camboriú – 25/23, 26/28, 25/19, e 25/17
Sesi-Bauru 1 x 3 Fluminense – 15/25, 25/20, 29/27 e 25/18
São Caetano 0 x 3 Barueri – 14/25, 22/25 e 12/25
Osasco 3 x 0 Brasília – 25/19, 25/23 e 25/14

Tags: superliga feminina minas praia fluminense sesc-rj playoffs cruzamentos