Vôlei

SUPERLIGA FEMININA

Praia vence e garante liderança da fase de classificação da Superliga

Minas perde para o Sesc-RJ no Rio e cai para o terceiro lugar

postado em 07/03/2020 00:02 / atualizado em 07/03/2020 00:22

O Praia Clube garantiu a liderança da fase de classificação da Superliga Feminina, a uma rodada do fim do returno. O time de Uberlândia bateu o Sesi Bauru no tie-break, por 3 sets a 2, em jogo disputado no Ginásio Panela de Pressão, no interior paulista, na noite desta sexta-feira. As parciais foram de 21/25, 25/13, 25/15, 19/25 e 15/13. Já o Minas não teve a mesma sorte e caiu no clássico diante do Sesc-RJ por 3 a 1 - 25/15, 22/25, 25/19 e 25/22 -, no Ginásio do Tijuca. As mineiras perderam o segundo lugar para a equipe carioca.

Com a derrota do Minas, o Praia se consolidou na liderança da Superliga até o encerramento da primeira fase. O time de Uberlândia chegou a 58 jogos - 20 triunfos e uma derrota - e não pode mais ser ultrapassado pelos concorrentes diretos. As minas-tenistas permaneceram com 54 pontos (18 vitórias e três reveses), mas foram ultrapassadas pelo Sesc-RJ, que leva vantagem nos critérios de desempate e assumiu a vice-liderança.

Com a liderança do Praia assegurada com antecedência, o clássico contra o Minas, na próxima terça-feira, às 21h30, na Arena MTC, só tem importância para as donas da casa, que ainda podem retomar o segundo lugar em caso de triunfo e tropeço do Sesc-RJ. O time do técnico Bernardinho fechará a fase de classificação diante do Pinheiros, no mesmo dia e horário, no Ginásio Henrique Villaboim, em São Paulo.

Os oito classificados aos playoffs estão decididos e só um confronto eliminatório está definido: o Praia terá pela frente o Curitiba, oitavo colocado. Os demais garantidos são Sesc-RJ, Minas, Sesi Bauru, Osasco, São Paulo e Fluminense, que terá mineiras ou cariocas como rivais na próxima etapa.

(Foto: Priscila Nóbrega/Sesi Bauru)


PRAIA GANHA NO SUFOCO

O Praia sofreu para vencer o jogo contra o Sesi Bauru, que teve a torcida fazendo jus ao nome do ginásio, Panela de Pressão. As mineiras chegaram a fazer 2 sets a 1 e deram a impressão de que fechariam no quarto set. Mas as paulistas reagiram com apoio da torcida e levaram a definição para o tie-break, intensamente disputado e que teve as visitantes assegurando o triunfo de forma apertada.

A oposta dominicana Martinez foi o destaque com 26 pontos. Ela recebeu o Troféu VivaVôlei das mãos da companheira Fernanda Garay, que teve 18 acertos e foi escolhida a melhor do jogo em votação popular, mas entregou o prêmio à estrangeira. A central Carol, com 13 pontos, foi outro nome importante do Praia. Do lado do Sesi, a oposta azeri Polina Rahimova deixou a quadra com 24 bolas vencedoras.

(Foto: Gisa Alves/Sesc-RJ)


MINAS CAI NO RIO

O Minas não repetiu as boas atuações anteriores e acabou perdendo a vice-liderança no Rio de Janeiro. O Sesc-RJ foi melhor nos momentos cruciais e aproveitou a noite inspirada de Tandara, que deixou a quadra com 19 pontos e recebeu o Troféu VivaVôlei como melhor da partida. Ela teve 16 acertos no ataque, fez um ponto de bloqueio e dois aces no saque. Pelo Minas, os destaques foram a oposta Sheilla (15) e a ponteira búlgara Rabadhzieva Drobiana (14).

Tags: minas liderança praia superliga feminina sesc-rj sesi bauru