Futebol Internacional

COPA LIBERTADORES

Na rota do Atlético: Conmebol pune Barcelona-EQU por escalação irregular diante do Defensor

Time equatoriano é punido com placar adverso de 3 a 0 e precisa golear

postado em 11/02/2019 20:26

AFP
O Barcelona de Guayaquil foi punido pela Confederação Sul-Americana de Futebol pela escalação do volante Sebastián Pérez Cardona e ficou em situação delicada para o jogo da volta contra o Defensor, nesta terça-feira, às 21h30 (de Brasília), no Estádio Monumental Isidro Romero, no Equador, pela primeira fase da Copa Libertadores. No confronto de ida, em Montevidéu, na semana passada, o time equatoriano levou a melhor e ganhou por 2 a 1, conquistando a vantagem. Mas, com a decisão da Conmebol, o resultado foi alterado para triunfo dos uruguaios pelo placar de 3 a 0.

A Conmebol acatou recurso do Defensor, que denunciou irregularidade na escalação de Sebastián Perez Cardona, por parte do Barcelona-EQU. O Tribunal Disciplinar decidiu punir o Barcelona-EQU, que teve a vitória fora de casa anulada e ainda viu o resultado ser alterado para 3 a 0 em favor dos uruguaios. Assim, a equipe de Montevidéu poderá perder por até dois gols de diferença em Guaiaquil.
 
O resultado do duelo entre equatorianos e uruguaios interessa diretamente o Atlético. O Galo, que enfrenta o Danubio nesta terça-feira, às 19h15, no Independência, no confronto da volta pela Libertadores, terá pela frente o ganhador do duelo no Equador. Com empate por 2 a 2 em Montevidéu, na semana passada, o time mineiro se classifica com igualdade sem gols ou até por 1 a 1. Novo 2 a 2 levará a decisão da vaga para os pênaltis. 

Tags: Barcelona-EQU Sebastián Pérez galo tribunal defensor libertadores2019 atleticomg