Esporte na TV

ESPORTE NA TV

Globo faz acordo com Conmebol e voltará à briga por Libertadores

Emissora e entidade haviam rescindido contrato no fim de 2020, mas entraram em acordo por fim de processo na Justiça suíça

postado em 25/10/2021 16:15

(Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

A Conmebol anunciou, nesta segunda-feira (25), que chegou a um acordo com a Rede Globo para encerrar a rescisão de contrato dos direitos de transmissão da Copa Libertadores de 2019 a 2022. Com isso, a emissora estará apta a entrar na 'briga' para voltar a transmitir a principal competição do continente no período entre 2023 e 2026.

Atualmente, a Copa Libertadores é transmitida pelo SBT em TV aberta e pelo Grupo Disney (Fox Sports e ESPN) na TV fechada. Há também transmissões pelo Facebook e pelo pay-per-view oficial da Conmebol.

Em pronunciamento oficial no Twitter, a Conmebol anunciou a concretização do acordo com a Globo e destacou: 'O entendimento reforça o respeito que sempre pautou a parceria de longa data entre as instituições'.

O caso


No fim de 2020, a Conmebol entrou com um processo contra a Globo pela rescisão contratual dos direitos de transmissão da Libertadores. Na ocasião, a emissora se valeu de uma cláusula que permitia o encerramento do vínculo no caso de paralisação do campeonato por 'força maior' - o que de fato ocorreu com a pandemia de COVID-19. A confederação entendia, no entanto, que a quebra do documento só poderia ser efetuada caso ela fosse responsável direta pela pausa da competição.

O valor da cobrança envolvia todo o pagamento do restante do acordo de quatro anos entre as partes. O montante chegava a um total de US$ 120 milhões (R$ 653 mi à época). O caso foi parar em uma corte suíça.

Tags: conmebol briga acordo globo transmissao interiormg futnacional libertadores2021