Copa América

ARGENTINA X PARAGUAI

Fila, expectativa e elogios: confira a movimentação para troca de ingressos para Argentina e Paraguai, no Mineirão

Jogo mais aguardado do Gigante da Pampulha será nesta quarta, às 21h30

postado em 19/06/2019 11:55 / atualizado em 19/06/2019 14:31

<i>(Foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)</i>
Argentina e Paraguai fazem nesta quarta-feira, às 21h30, o jogo mais esperado da primeira fase da Copa América, no Mineirão. Já pela manhã, centenas de torcedores compareceram à loja da Conmebol, no Shopping Boulevard, Região Leste de Belo Horizonte, para retirar os ingressos para a partida.

O sistema da Conmebol exige que, mesmo os torcedores que adquiriram entradas antecipadamente, pela internet, troquem o comprovante de compra pelo ingresso para acessar ao estádio. Também há a opção de receber os bilhetes em casa, pela via postal, em todo território nacional (mediante o pagamento de uma taxa de comodidade), e a possibilidade de compra direta na loja da Conmebol.

A loja instalada no Shopping Boulevard funciona até às 22h nesta quarta para retirada de ingressos. A compra de bilhetes pode ser feita até três horas antes da partida, ou seja, até às 18h30.

O posto de troca de ingressos começou a funcionar às 9h, uma hora antes da abertura do shopping ao público.

Até por volta das 9h30, poucas pessoas apareceram para retirar os bilhetes. Apenas pessoas munidas do comprovante de compra dos ingressos tiveram acesso ao prédio antes das 10h.

Uma senhora que preferiu não se identificar relatou um problema na retirada de ingressos no dia anterior e foi ao shopping para tentar resolver o problema. Segundo ela, foram emitidos dois ingressos com a mesma numeração.

Não havia informações claras e ostensivas sobre a abertura antecipada do shopping para a troca de ingressos. Por isso, várias pessoas, que trouxeram o comprovante e poderiam ter entrado para retirar os bilhetes, ficaram aguardando do lado de fora sem necessidade.

ABERTURA


Às 10h, a maioria dos torcedores entrou no centro comercial e se dirigiu para a loja da Conmebol, no segundo piso do prédio

Em poucos minutos, uma grande fila se formou. Há apenas um funcionário - que fala apenas português - para permitir a entrada dos torcedores, o que torna o acesso bem lento.

Após a entrada, os torcedores receberam uma senha, que já os direciona para os guichês de atendimento. No totem de retirada de senha, há um outro atendente que opera o equipamento e direciona os torcedores, uma espécie de triagem, de acordo com o idioma preferencial do torcedor - português, espanhol e inglês - e conforme o serviço que procuram. Entre os serviços, o totem indica as opções “informações”, “compra” e “retirada de bilhetes”.

Dentro da loja, há outro atendente, dizendo em voz alta, o número da senha e do guichê, para que os torcedores sejam atendidos. Ao todo, são 19 cabines de atendimento.

Apesar da longa fila para acessar a loja, uma vez lá dentro, as coisas fluem rápido. O tempo médio de permanência na loja, desde a retirada da senha até ter o tão desejado ingresso nas mãos, gira em torno de 10 minutos.

O argentino Marcelo Medina veio da cidade de Corrientes, acompanhado dos amigos Juliano Gauto e Fabian Gonzalez. Eles ficaram satisfeitos com o sistema montado pela Conmebol para distribuição de ingressos. “Foram super acessíveis. Em 10 minutos fomos atendidos”, disse.

O motorista de Uber Renato Pereira Soares veio de Rio Verde, em Goiás, com a esposa e dois filhos para torcer pelo time de Messi. Ele também elogiou o atendimento do posto de troca de ingressos. “Show de bola, atendimento excelente. Estão de parabéns. Foram muito educados.”