MMA

UFC

UFC abre capital para venda de ações na Bolsa de Valores de Nova York

Franquia lançou Oferta Pública Inicial para atrair investidores

postado em 29/04/2021 19:38 / atualizado em 29/04/2021 20:05

(Foto: Reprodução/Twitter)

O Ultimate Fighting Championship é a nova empresa de capital aberto nos EUA. O UFC, que teve 50,1% do controle adquirido pelo conglomerado de mídia Endeavor Group Holdings em 2016, lançou uma Oferta Pública Inicial (IPO, na sigla em inglês) na Bolsa de Valores de Nova York. Com isso, a companhia passou a ofertar ações para diversos tipos de investidores. 

Nesta quinta-feira, as ações do grupo abriram o dia com cotação de US 24, R$ 128 na conversão à moeda brasileira. O presidente do UFC, Dana White, anunciou a novidade por meio do Twitter. "É oficial. O UFC é agora ua empresa de capital aberto", informou o dirigente, que seguiu no comando da franquia mesmo com o controle repassado ao conglomerado.



O UFC vendeu a maior parte da sociedade ao grupo Endeavor em 2016, por US$ 4 bilhões (R$ 21,3 bilhões na cotação atual). De acordo com a ESPN dos EUA, o conglomerado de empresas está em processo para adquirir a posse de 100% da maior franquia de MMA, em consulta a documentos na Comissão de Títulos e Câmbio. 

Desde janeiro de 2019, os direitos de transmissão dos eventos do UFC para a América do Norte são de exclusividade do Grupo Disney, que controla a ESPN, emissora oficial da franquia. O contrato foi firmado por US$ 1,5 bilhão (R$ 8 bilhões na cotação atual), com validade de cinco anos. 

Em 2018, com o anúncio da venda do controle ao grupo Endeavor, além do contrato de cinco anos com a ESPN para transmissão exclusiva dos eventos, Dana White disse que o valor de mercado do UFC quase dobrou em dois anos (de 2016 a 2018). Na ocasião, a estimativa de cálculo chegava a US$ 7 bilhões (R$ 37,6 bilhões na cotação atual). 

Tags: ações investidores dana white UFC Ultimate Fighting Championship bolsa de valores de Nova York endeavor group holdings