Santa Cruz

SANTA CRUZ

Onde está Caetano? Santa Cruz fala em falta de profissionalismo e segue à espera do volante

Atleta de 21 anos, vindo do futebol de Goiás, sumiu após recesso do final de ano e, com contrato até 2021, é aguardado no Tricolor do Arruda

postado em 11/01/2019 10:37 / atualizado em 11/01/2019 18:26

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Jota Santana/Santa Cruz
Aguardado para se reapresentar com o elenco no último dia 2 de janeiro, após um breve recesso de final de ano, o volante Caetano não apareceu mais aos treinos do Santa Cruz. Desde então, dia após dia, a direção coral vem buscando uma solução amigável para o impasse. Sem revelar o paradeiro do atleta de 21 anos, a diretoria do clube na figura do executivo de futebol Luciano Sorriso ainda acredita no retorno do jogador ao elenco. Porém, já acenando para um certo grau de impaciência, a cobrança passou a ser por “profissionalismo”, visto que o jogador tem contrato com o Tricolor até 2021.

“O problema está sendo tratado internamente. Desde o Natal, Caetano saiu e não retornou, como deveria ter retornado como todos os demais atletas. Todos temos problemas na vida, mas o Santa Cruz é maior que tudo. Ele precisa ser o mínimo profissional com a instituição”, afirmou Sorriso.

Caetano surgiu para o futebol na base do Aparecidense-GO. De lá, transferiu-se para o Goiás, ainda em 2017, onde chegou até a ser convocado para a base da seleção brasileira (Sub-20). Ano passado, já no Arruda, disputou seis partidas do Brasileiro de Aspirantes Sub-23. 

“Estamos tentando fazer com que as coisas sejam alinhadas para que se ele vier a ficar conosco, que seja diferente. Com mais profissionalismo. O atleta tem vínculo, não é da base, tem 21 anos. Já está há um ano clube e estamos tentando ver da melhor forma o caso porque sabemos do potencial dele”, destacou Sorriso.

Internamente, especula-se que Caetano anda insatisfeito com falta de oportunidade no elenco. Além dele, o Santa Cruz tem no grupo cinco volantes: Charles, Diego Lorenzi, Eduardo, Ítalo Henrique e Lucas Gonçalves.