CANDANGÃO

Brasília tenta, mas vantagem no primeiro jogo dá título do Candangão ao Luziânia

Pela primeira vez na história do campeonato, um time do entorno leva o troféu

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 17/05/2014 17:48 / atualizado em 17/05/2014 18:00

Vítor de Moraes /Correio Braziliense

Daniel Ferreira/CB/D.A Press

O jogadores do Brasília bem que tentaram, mas foi difícil tirar o título do Candangão das mãos do Luziânia. Com vantagem por conta da vitória no primeiro jogo da final - 3 x 2 - e embalados com o bom desempenho do campeonato, o time do entorno precisava apenas do empate para levar o título à cidade goiana. O Brasília até conseguiu marcar o derradeiro gol no fim do jogo, mas o placar de 1 x 0 não era suficiente para a vitória no torneio. Sendo assim, o campeão da Copa Verde fica, pela segunda vez consecutiva, com o vice-campeonato no Candangão.

Apesar do resultado, o jogo no Estádio Mané Garrincha foi acirrado. Devido à obrigação de marcar, o Brasília passou grande parte do tempo buscando espaços na retranca adversária. Só no primeiro tempo, o Colorado cobrou 10 escanteios. O Luziânia, por sua vez, investia em contra-ataques, principalmente com Chefe e Rodriguinho.

O jogo também foi marcado por erros do árbitro Sávio Sampaio. Nós acréscimos, Alekito foi empurrado dentro da área quando se preparava para chutar, mas Sávio nada assinalou. "Assim não dá, desse jeito fica difícil fazer gol", reclamou o capitão do Brasília, Pedro Ayub.