LIGA EUROPA

Com Griezmann letal no mata-mata, Atlético de Madrid é campeão da Liga Europa

Atacante francês marcou em todas as fases decisivas da competição

postado em 16/05/2018 17:20

Divulgação/Uefa
Com direito a show de Griezmann, o Atlético de Madri confirmou o favoritismo na Liga Europa e venceu o Olympique de Marselha, do brasileiro Luiz Gustavo, por 3 x 0. Os dois gols foram marcados pelo atacante francês, que é desejado pelo Barcelona para a próxima temporada. Foi a terceira conquista do time espanhol em nove edições do torneio, que se igualou ao Sevilla, também detentor de três títulos. Além do domínio da Espanha, o troféu confirma o bom momento esportivo de Madri. Com os gols anotados, o atacante francês chegou a uma marca importante: ele marcou em todos os jogos de mata-mata desta edição da Liga Europa.
  
Jogando na França, no estádio do Lyon, o Olympique de Marselha começou o jogo pressionando a defesa do Atlético de Madri. Com dez minutos de jogo, os franceses tiveram pelo menos duas chances claras de gol. Na primeira, aos três, Oblak salvou chute de Germain, na pequena área.

Aos 21 minutos, porém, o Atlético de Madri mostrou por que era o favorito para a taça. Após falha do zagueiro Ambissa, Griezmann saiu na cara de Mandanda e abriu o placar para os espanhóis. O gol foi muito comemorado por Diego Simeone, mas dos camarotes do estádio, já que o treinador argentino está suspenso.

Dez minutos após o gol, o Olympique de Marselha sofreu mais um duro golpe: o grande destaque do time, Dimitri Payet, saiu machucado com uma lesão muscular e aos prantos. O jogador recebeu o consolo de vários companheiros e também de Griezmann, colega de Seleção Francesa. Ainda não se sabe se o jogador preocupa para a Copa do Mundo.

Na etapa complementar, não deu nem tempo dos franceses tentarem uma reação. Logo aos três minutos, em contra-ataque rápido, Griezmann, de novo, balançou as redes de Mandanda. O francês recebeu belo passe de Saúl e tocou por cima do goleiro. A partir daí, os times pouco se agrediram e, com o passar do tempo, a equipe de Diego Simeone passou a valorizar a posse de bola e, sem fazer muito esforço, liquidou a fatura aos 43, com Gabi, após receber dentro da área e chutar cruzado.
 
O apito final representou o sexto título importante do argentino no comando dos colchoneros, clube que comanda desde 2011. Com a taça, o Atleti está garantido na fase de grupos da próxima edição da Liga dos Campeões. Como já havia conquistado esse direito pelo Campeonato Espanhol, os espanhóis liberarão uma vaga para o terceiro colocado da na França, que pode ser, curiosamente, o próprio Olympique de Marselha. 

No momento, os vice-campeões da Liga Europa ocupam a quarta posição do torneio local, e, além de vencer o Amiens em casa, no sábado (19/5), precisa torcer por um tropeço do Lyon, terceiro colocado e com um ponto de vantagem, que recebe Nice.